quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Catequese Bíblica - Lições

Em Obras


Élder Magalhães Luís







A Fé dos Homens de 08 Nov 2013 - RTP Play - RTP

As diversas confissões religiosas existentes em Portugal!Emissão ONLINE


rtp.pt

Magalhães Luís
Lição 1 - O Sentido da Vida...


Magalhães Luís
Lição 2 - D'us usa de moderação com os Egípcios. "22. Diante de vós o mundo inteiro é como um nada, que faz pender a balança, ou como uma gota de orvalho, que desce de madrugada sobre a terra.

23. Tendes compaixão de todos, porque vós podeis tudo; e para que se arrependam, fechais os olhos aos pecados dos homens."

Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sabedoria/11/#ixzz2lRSHPFUj


Magalhães Luís
Lição 2 - Lucas 19 »» Zaqueu---


Magalhães Luís
Lição 3 - http://www.rtp.pt/play/p50/e132682/a-fe-dos-homens/321721 » Eclesiástico (Ben-Sirá), "O HaShem é capaz de habitar, ouvir os «pobres»"


Magalhães Luís
Lição 3 - 2 Carta a Timóteo 4...


Magalhães Luís
Lição 3 - Lucas 18, O Ser Salvo em Cristo, O Publicano e o Fariseu - D'us conhece a oração de cada um.


Magalhães Luís
Extra: http://www.rtp.pt/play/p50/e131955/a-fe-dos-homens » Rick Warren @RickWarren »»
Some worship a G-d who causes suffering. I worship the G-d who bears my suffering. The One in Isaiah 53:3-4


Magalhães Luís
RUSSELL SHEDD - http://pt.wikipedia.org/wiki/Russell_Shedd »» Russell Philip Shedd (Aiquile, Bolívia - 10 de novembro de 1929) é um conceituado teólogo evangélico e missionário da Missão Batista Conservadora no Sul do Brasil. Erudito fundamentalista cristão, fala da Tanach e da B'rit Chadasha:
1 - http://www.rtp.pt/play/p50/e130766/a-fe-dos-homens
2- http://www.rtp.pt/play/p50/e131201/a-fe-dos-homens
Papa Francisco:
http://www.rtp.pt/play/p50/e130766/a-fe-dos-homens/318178


Magalhães Luís
COPIC - IGREJA EVANGÉLICA PRESBITERIANA DE PORTUGAL - TEMÁTICA: A PREOCUPAÇÃO COM OS IDOSOS.
http://www.rtp.pt/play/p50/e130986/a-fe-dos-homens


Magalhães Luís
AEP - SARA NARCISO


Magalhães Luís
Documentação extra:

Élder Magalhães Luís em diálogo com um judeu ortodoxo:

Leia mas é informações históricas seguras e independentes: http://ebiblioteca.org/?%2Fver%2F63594
http://www.scribd.com/mobile/doc/41438685

E não me venha de hebraico original. Como se eu não soubesse antes de você, "menino de seminário", essas diferenças. Eu sou um universitário da área da teologia, da exegese. Mas sobre essa temática veja: http://www.triplov.com/ista/cadernos/cadernos17/Frei-Francolino/estudo-tradicional-cristianismo.htm
http://www.triplov.com/ista/cadernos/cadernos17/Frei-Francolino/index.htm
http://www.triplov.com/ista/cadernos/cad_10/potencial_utopico.htm (Potêncial utópico do cristianismo primitivo)
http://www.triplov.com/ista/escritura/francolino/antigo_testamento.html

Neste último link tem uma abordagem científica sobre o Tanack e Yeshua.

Se não souber aproveitar esta informação com a maturidade de um docente, a culpa é toda sua. E digo-lhe desde já que se tiver uma atitude "infantil" na abordagem a estes links, será a última vez que lhe indico algo. Eu como religioso, sempre me rodeei de amigos estudiosos, professores de elite, sem tempo para vícios, hábitos doentios e imaturos, não andei à procura de pecadores, doentes, andei em busca do conhecimento de elite. Se estivesse como meu colega de seminário (apesar de que nunca fui seminarista, fui religioso universitário) estaria a aprender, a investigar...

Adendo: http://pastoralreformadadadiversidade.blogspot.pt/2013/04/leitura-tirada-do-2-capitulo-do-livro.html
Neste adendo temos uma análise de alguns temas do Tanack: http://catalogo.bnportugal.pt/ipac20/ipac.jsp?session=1F66209K6953P.275452&profile=bn&source=%7E%21bnp&view=subscriptionsummary&uri=full%3D3100024%7E%21592603%7E%212&ri=1&aspect=basic_search&menu=search&ipp=20&spp=20&staffonly&term=Vaz%2C+Armindo+dos+Santos%2C+1944-&index=AUTHOR&uindex

Mas sobre a homossexualidade (judeu ortodoxo obcecado com esta temática, sendo um tabú para ele)... Eis um link meu: http://pastoralreformadadadiversidade.blogspot.pt/search/label/Tese%20sobre%20Homossexualismo
E: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/homossexualidade-pode-ser-influenciada-pela-epigenetica

E: www.google.pt/search?q=epigenética&oq=epigen&client=tablet-unknown&sourceid=chrome-mobile&espv=1&ie=UTF-8#espv=1&q=epigenética+e+a+homossexualidade
Se vocé mantém essa atitude muito pouco científica e indigna de um professor de filosofia, assumindo uma verborreia vulgar, é melhor abandonar a carreira de docente e ingressar numa Comunidade Judaica haredi fundamentalista e extremista...


Magalhães Luís
É um aspeto extremamente importante da missão evangelizadora, um tipo de ajuda que se pode propor a qualquer pessoa, prescindindo da sua confissão ou da sua fé. Não consiste em dizer em primeiro lugar: deixa as tuas convicções e acede às minhas, que são melhores; consiste em oferecer uma ajuda a partir da experiência de Yeshua, com a qual cada homem e mulher deve confrontar-se se quer chegar à liberdade dos filhos. - Carlo Maria Martini

Ciclo Ecuménico de Oración

Esta semana oramos por:

Se o homem não deixar de consumir combustíveis fósseis também não terá como minimizar as consequências da braveza dos mares que, de imediato destruirá várias cidades costeiras. E se o consumo deixar de acontecer agora, o homem ainda sofrerá os danos provocados à atmosfera pelo período de 30 a 50 anos, até que o gás já emitido seja dissipado. Com o atual retrato a previsão é de que a água deverá subir entre 4 e 5m de altura. Nos Estados Unidos as principais cidades a serem atingidas são Baltimore, Miami, Nova Orleans, Nova Iorque e até Washington, além de Londres, na Inglaterra. Nova Orleans sofreu com o Katrina, mas nada foi feito para minimizar novas catástrofes, segundo cientistas, que prevêem outros furacões Além dessas, outras cidades costeiras do mundo sofrerão o mesmo efeito, devido às alterações do derretimento das calotas polares e de grandes geleiras. À medida que as calotas derretem aparecerão áreas escuras (antes gélidas e claras), onde o sol ganhará força de impacto, fenômeno chamado pelos cientistas de Efeito Feedback. Esse desaparecimento também indica que o homem presenciará mudanças na Terra. Mas, atualmente, já se registra o desaparecimento de geleiras em todo o mundo. Nas últimas 3 décadas, cerca de 25% das geleiras peruanas desapareceram. Esse registro ocasiona outro efeito nas regiões afetadas. As mudanças, por serem radicais, exigem alterações e respostas rápidas do homem na questão da sobrevivência. Os exemplos registrados até hoje mostram que a segunda parte não acontece. Ao nível dos oceanos que aumentam junte-se o calor nos mares. No ano 2000, um acontecimento jamais visto deixou cientistas perplexos. Uma barreira de 11 mil metros quadrados de gelo desprendeu-se da calota da Antártida e em torno de 3 trilhões de toneladas de gelo seguiram mar adentro. Caso somente o gelo da Antártida e da Groelândia se derreta, o nível do mar aumentará até 9m, segundo previsão científica. Programa Grace A seriedade da situação fez com que a entidade científica de influência global, a Nasa, se unisse a outra agência alemã, para juntas construírem o Programa Grace, com o objetivo de ‘bisbilhotar’ os efeitos do degelo. O programa lançou os satélites Tom e Jerry, que há cinco anos medem as alterações gravitacionais ocasionadas pelo derretimento de gelo na Groelândia e na Antártida. Toda a água compactada em blocos de gelo ao derreter, ocasiona mais pressão por ocupar mais volume no espaço. Satélites monitoram os efeitos do degelo na pressão atmosférica Segundo cientistas o calor derrete entre 100 e 200 bilhões de toneladas de gelo por ano. Invasão de mares Em muitos lugares do mundo o mar é o responsável pela perda de terra seca em função ao aumento de seu nível. Em Bangladesh fazendeiros perderam áreas de plantação de arroz por causa da invasão de água salgada do mar. Além de causar sérios problemas sócio-econômicos, provocando a mudança de comportamento de animais e migrações em massa para países desenvolvidos, o risco da falta de água potável é outro grande problema a enfrentar. No Rio de Janeiro Em São João da Barra, no norte fluminense, uma maré alta destruiu um prédio de quatro andares, em 5 de abril de 2008. Nos últimos 35 anos, o mar avança a média de 3m a cada 12 meses. Mais de 200 casas já foram destruídas pelas ondas, desabrigando moradores. Segundo pesquisas do Departamento de Engenharia Cartográfica da Universidade do Estado de Rio de Janeiro (Uerj), nos últimos meses a erosão tem se acelerado, além do previsto e avançou 7m, o dobro da média anual, medida desde a década de 50. Nos Estados Unidos A cada dia a água do mar invade 30cm de área da cidade de Luziânia (EUA) e grandes áreas de terra são consumidas pelo mar. Na mesma região, 13 ilhas desapareceram nos últimos 100 anos e a remanescente Ilha Robert já perdeu 8m de terra desde junho de 2008. No século passado, os Estados Unidos sofreram a ação devastadora provocada por 167 furacões. Os mais violentos foram o Vilma, Rita e o Katrina. O Projeto Argo, lançado para medir o estado físico dos oceanos, mostra por meio de 3 mil bóias distribuídas pelos oceanos, que o aquecimento ocorre com velocidade alarmante. E somente neste século, os cientistas prevêem a elevação do nível do mar entre 30 a 90cm. Cidades vulneráveis As cidades norte-americanas ameaçadas por furacões do nível 2 (como o Isabel), são Baltimore, Nova Orleans, Miami, Nova Iorque e até Washington. Londres não fica fora da lista. Elas são vulneráveis a furacões que podem provocar o aumento do nível do mar e inundações de 4 a 5m. Segundo previsões, os furacões continuarão e com maior incidência Na Europa Em fevereiro de 1953, a força dos ventos e a maré alta destruíram diques na Holanda, desenvolvidos desde a Idade Média. O resultado foi desastroso, pois 300 fazendas e 3 mil casas foram destruídas e 1,8 mil pessoas morreram. Em 2007 o mar invadiu a capital da Finlândia. Destruição de efeito dominó Os pântanos, ao lado das ilhas, são acidentes geográficos que minimizam a ação de furacões, por desgastar por fricção, a velocidade do vento. Mas, também, ao lado das ilhas, segundo pesquisa, os pântanos estão desaparecendo. O aumento da temperatura dos oceanos também ocasiona tempestades violentas. O oceano mais quentes e o aquecimento que provoca o degelo de calotas polares, causará destruição sem limites. Leia mais no livro Fronteira Final

NOTÍCIAS

Get Adobe Flash player

A minha Lista de blogues